Menu

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Lembrancinhas de viagem - O que comprar?

Minha pequena coleção de cavaleiros medievais comprados em Veneza
Quem não fica louco com a oferta enorme de lembrancinhas e badulaques que alguns destinos turísticos nos proporcionam? As feiras de artesanato que encontramos nas viagens são uma perdição porque tem produtos que não vamos encontrar em nenhum outro lugar.

Eu quero comprar todos! É possível? Bem, se você tem dinheiro ilimitado e uma casa bem grande, você pode comprar o que você quiser, mas no meu caso nenhuma das duas situações é verdadeira hehehe

É muito fácil cair em tentação. Depois de algumas viagens onde comprei coisinhas que não uso e nem tenho mais lugar para colocar, resolvi tomar cuidado com o que compro e sigo algumas regrinhas (difíceis de seguir, mas eu tento!):

- é algo que eu vou utilizar? Por exemplo, uma toalha de mesa rendada, uma travessa de cerâmica, uma bolsa ou sacola bonita, são coisas que eu vou conseguir incluir no meu dia a dia e vai enfeitar minha casa com boas recordações. Contudo, um enfeite muito grande, ou uma blusa toda colorida do tipo “Estive em tal lugar”, são coisas que provavelmente não usarei e nem vou ter onde colocar. Enfeites, eu resolvi que para me conquistar, precisam ser muito especiais mesmo, algo que para mim beira o surreal, uma paixão como esses que comprei em Cusco e em Manaus que são meus xodós.

- o preço é aceitável? Geralmente artesanato custa caro, porque são obras únicas e merecem ser cobradas como tal;

- eu tenho onde colocar ou guardar? Moro em apartamento então tenho que cuidar para não entulhar tudo;

Pensando nisso resolvi que como lembrança de viagem, faço questão apenas de duas coisas: imãs de geladeira e, dependendo do preço, canecas.

Tenho imãs lindos dos lugares que conheço, são fáceis de cuidar, não ocupam espaço e ainda costumam ser baratos: a lembrança de viagem perfeita! Veja minha coleção...




Como resistir a um imã da Expo Milão 2015, com essa carinha?






Quanto às canecas, estou num dilema, porque eu as adoro, mas não tenho mais onde expô-las, então nas últimas viagens eu nem comprei, só compro mesmo aquelas que são imperdíveis, como essas abaixo, da Expo Milão 2015 que deu um duro danado pra encontrar, essa linda de agata comprada em Seligman,  a azul do Museu Nacional de Testes Atômicos (Las Vegas), uma enorme do Epcot, com a carinha do Mickey Mouse...




Expo Milão 2015


Outra coisa que costumo trazer são aqueles "brindes" que acabamos conseguindo em viagens, como copos de restaurantes ou garrafinhas de refrigerantes diferentes, esses eu trago e vai pra coleção de lembrancinhas, como essas garrafas de Coca-Cola de alumínio ou esses copos que ganhamos no restaurante Bubba Gump em Los Angeles.




Bem, para meus amigos e parentes, também faço as mesmas perguntas, e geralmente trago chocolate mesmo, porque sei que vai agradar hehe

Nenhum comentário:

Postar um comentário