Menu

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Avenida Paulista: símbolo da cidade de São Paulo


A Av. Paulista faz parte da história de São Paulo desde o final do século XIX quando foi inaugurada para expandir as áreas residenciais da cidade, visando principalmente a elite cafeeira da época. Os terrenos eram caros e as construções, luxuosas com inúmeros casarões assinados por arquitetos renomados da época, que demonstravam a riqueza de seus moradores. Em 1892 recebeu as primeiras linhas de bondes elétricos, o que valorizou ainda mais a região.

Poucos casarões dos barões do café sobreviveram aos anos, entre eles a Casa das Rosas, um ponto importante para visitação.

A avenida, que tem aproximadamente 3 quilômetros foi a primeira via pública asfaltada de São Paulo. Ela se localiza numa região alta da cidade com aproximadamente 830 metros de altitude o que faz com que seja conhecida também como o espigão da paulista, pois é o divisor de águas entre a vertente norte que drena para o rio Tietê e a vertente sul que drena para o rio Pinheiros.

Atualmente, a avenida é o centro financeiro da cidade de São Paulo e conta com inúmeros restaurantes, museus, livrarias, lojas e prédios de escritórios, inúmeros cinemas de rua, teatros e centros culturais. É guarnecida por várias linhas de ônibus e pela linha verde do Metrô, com 4 estações.





O que fazer na Avenida Paulista?

Há muito que se ver pela região:

- visitar o Museu de Arte de são Paulo (MASP);


- visitar o Centro Cultural da FIESP;
- visitar o espaço Itaú Cultural;
- visitar o mirante localizado no alto do prédio do SESC Paulista;






- visitar os casarões antigos, como a Casa das Rosas;
- admirar o conjunto arquitetônico constituído pelos prédios, símbolos da avenida;
- visitar o Parque Trianon;
- escolher um dos muitos restaurantes e cafeterias para uma paradinha gastronômica;
- fazer umas comprinhas nas lojas de rua ou em um de seus 4 shoppings;
- aos domingos, aproveitar que a avenida fica fechada para os carros e caminhar tranquilamente parando entre as inúmeras barracas de artes e artesanatos, além de ver a performance de inúmeros artistas de rua; visitar as feiras de arte e antiguidades no vão do MASP;
- admirar a paisagem a partir do mirante 9 de Julho, que fica atrás do MASP;
- admirar o mural em homenagem a Oscar Niemeyer, do artista Eduardo Kobra;

- participar da Parada do Orgulha LGBT, realizada ali todos os anos;

Fonte: https://mdemulher.abril.com.br/cultura/conheca-as-atracoes-trios-e-horarios-da-parada-do-orgulho-lgbt-de-sp/

- participar da festa de fim de ano na avenida, com queima de fogos e shows

Juntamente com algumas das mais famosas avenidas do mundo, como a Champs-Élysées em Paris, Abbey Road em Londres, a 5ª Avenida e a Broadway em Nova York, entre tanta outras, a Avenida Paulista em São Paulo é uma rua que vale o tempo destinado a caminhada, é um ponto turístico importante que todo turista deve colocar no roteiro quando vier para São Paulo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário