Menu

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Outlets próximos à Nova York


Outlets próximos à Nova York

- Woodbury Common Outlet: a Premium Outlets é uma rede grande de outlets espalhada pelas principais cidades americanas (e outros países também). A mais próxima de Nova York é a Woodbury, para ir e voltar no mesmo dia, alugue um carro porque é longe de Manhattam e você vai ficar por lá o dia inteiro. São outlets das marcas mais famosas e também de outras nem tanto. Entre o site e imprima um voucher para entregar no concierge, onde você trocará por um livreto de ofertas, ou seja, além dos descontos nas araras, você ainda terá o desconto do folheto (desconto sobre desconto, entendeu? No Brasil nem em sonho isso aconteceria).





Eu achei que tem muita coisa a preços legais por lá, por exemplo, é o único lugar que dá pra comprar bolsas da Kipling, porque nas lojas brasileiras, sem a menor chance não acham?

Vale a pena dispensar um dia por lá se você quiser fazer compras.

http://www.premiumoutlets.com/outlet/woodbury-common/deals

- Jersey’s Garden: está mais para um shopping que para um outlet, mas também vale a pena pelos preços. Fica em New Jersey e é fácil, fácil ir de ônibus:

No Port Authority Bus Terminal, procure o guichê da NJ Transit no andar superior e compre passagem de ida e volta, (“round”); (também pode ser comprada nas máquinas distribuídas pelo terminal); em maio/16, o valor foi de US$13. Com as passagens em mãos, descer à plataforma de ônibus, no portão 222, e pegar o ônibus #111. Mais ou menos uma hora depois, ele vai te deixar em frente ao shopping e na volta, você irá pegar no mesmo lugar, muito fácil. Logo na entrada também é possível pegar um livreto com descontos, aproveite.






Neste lugar compramos tênis da Nike por menos de US$40, blusinhas na Gap, mas a grande barbada foram as jaquetas de couro que compramos na Wilson’s Leather, onde há um sem número de jaquetas, para todos os gostos e tamanhos, comprei uma muito bonita por US$30! Vale muito a pena.
Tem praça de alimentação e todas as comodidades de um shopping.
http://www.simon.com/mall/the-mills-at-jersey-gardens/map

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Outro dia em Nova York


As pontes do Brooklin e de Manhattan, Chinatown, Katz e Eileen’s

Você consegue imaginar algum turista em São Paulo dizendo: quero conhecer as pontes dos Rios Tietê e Pinheiros? Pois é, eu também não, mas em Nova York, as pontes que 
ligam Manhattam aos demais distritos são sim pontos turísticos importantes da cidade. 

São em sua maioria pontes enormes, construídas há mais de cem anos, cuja arquitetura marcou época. Nesse dia conhecemos duas das pontes mais importantes e ainda fizemos um passeio por Chinatown, Little Italy e experimentar algumas delícias de Nova York.



Pegamos o metrô e descemos na estação Brooklin Bridge – City Hall. Saímos bem em frente à prefeitura de Nova York, um prédio bonito, numa região onde praticamente todos os prédios são lindos; o próprio prédio da estação de metro é bonito... viramos à esquerda e começamos a atravessar a ponte do Brooklin.






A ponte do Brooklin foi construída entre 1869 e 1883. Quando finalizada, foi considerada a maior ponte suspensa do mundo. Em estilo gótico, essa ponte tem mais de 1.800 metros de comprimento. Há pistas para autos e, na parte central, uma área destinada para pedestres e ciclistas. 




É extremamente movimentada, com turistas por todos os lados tentando fazer a melhor foto, já que a vista a partir dela é linda, sendo possível avistar de longe, a Estátua da Liberdade.








Chegando ao Brooklin, um bairro que passou por revitalização e valorização, andamos por perto da ponte, até o Brooklin Bridge Park, um parque linear, bom para observação da ponte, do rio, enfim para relaxar um pouquinho e só olhar a paisagem.  


Postos para carregar celulares





Andamos margeando o rio até passarmos pela outra ponte que vale uma travessia, a Ponte de Manhattan. No caminho, observamos um pouco do dia-a-dia das pessoas, nos parques infantis, nos parques para cães, nas construções, pois o local está passando por uma revitalização, vá com calma, observe...






Faça uma pausa para um café na Brooklyn Roasting Company, uma cafeteria rústica, charmosinha, com ares de anos 80, que torra e moe o próprio café de origens variadas, como Brasil, Colômbia... Localizada na 25 Jay St - Brooklyn, NY. Lá, não se esqueça de comer um cookie, delicioso!!!




Um dos melhores cookies que já comi!



Vá para a Ponte de Manhattan. Essa ponte foi inaugurada em 1909 e tem mais de 2 km de extensão e 90 m de altura, é enorme e, ao contrário da ponte do Brooklin, foi construída em metal e além de veículos e pedestres, tem também linhas de metrô que a atravessam, fazendo um barulho ensurdecedor.




Mas, releve o barulho e a atravesse a pé... a partir dela, é possível  um panorama inteiro da ponte do Brooklin e arredores, uma vista linda.






A ponte termina em Chinatown, um tradicional bairro nova iorquino, onde você vai ter a impressão de estar na China. Lojas, restaurantes, escolas, templos, muitos letreiros em chinês. Aqui pelo menos você vai comprar quinquilharias “made in China” legítimas, vendidas por um chinês. Há muitos restaurantes, caso goste da comida oriental. 




Se aguentar a fome mais um pouquinho, caminhe pela Bowey Ave até a Houston, vire à direita e caminhe mais um pouco até a Ludlow Street. Nessa esquina você vai encontrar a Katz Delicatessem, uma loja tradicional, famosa pelo lanche de pastrami e por ter sido palco da clássica cena entre Meg Ryan e Billy Cristal em Harry e Sally, feitos um para o outro. 




A princípio parece um lugar meio caótico, você pode escolher ser servido por garçons ou fazer o pedido no balcão.


Delicioso sanduba de pastrami.
Peça o sanduiche de pastrami e não se arrependa, é muito bom; é um lanche enorme, então, se assim como eu, você não come muito, divida com alguém.




Após essa bela refeição, voltamos para a Bowey Ave, parando para se deliciar no Whole Foods Market, um mercado enorme, onde os produtos são todos orgânicos ou sem OGM (organismos geneticamente modificados), não é a perfeição?




Nos mercados de lá já há vários produtos feitos de maconha, como salgadinhos, leite...
Voltamos para Chinatown e entramos em Little Italy, um bairro vizinho tradicional italiano, há inúmeras cantinas e pizzarias por lá.





Caminhamos até a 17 Cleveland Pl, para experimentar o cheesecake da Eileen’s




Conhecemos essa lojinha num programa da Travel & Living, onde a Eileen’s disputava o título de melhor cheesecake de Nova York com a Junior’s, (outro restaurante famoso pelo doce); no programa, a Junior’s ganhou, mas para o meu gosto, o cheesecake da Eileen’s é o campeão, muito levinho e saboroso, a própria dona fica atendendo e “pondo a mão na massa”,  vale a pena experimentar.







Na volta, antes de terminar o dia, ainda paramos na 42 St – Briant Park, para conhecer a Biblioteca Pública de Nova York, ao lado do Briant Park, uma das maiores bibliotecas do mundo localizada num prédio do século XIX e administrada por uma organização privada. Compramos algumas lembranças na lojinha.






quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Lojas para ir com as crianças... ou não, você quem decide


Lojas para ir com as crianças... ou não, você quem decide

- Disney Store: eu sou fã dos personagens da Disney, mas mesmo para quem não curte, não tem como não virar criança ao passar pela porta dessa loja. É a loja mais bonita, alegre, divertida que já vi. A decoração é toda feita com personagens da Disney é claro, separadas pelas animações mais conhecidas: tem a ala das princesas, de Procurando Nemo/Dory, a ala Star Wars, tudo muito bonito, além das músicas dos filmes mais famosos da Disney tocando ao fundo. Eu cada vez que entro, não tenho vontade de sair. Cresci lendo os gibis do Pato Donald, sempre sonhei conhecer os parques (o que já tive a oportunidade de fazer), adoro cada personagem... Sem dúvida volto a ser criança nessa loja.





Por incrível que pareça os preços são muito bons, claro que os lançamentos são caros, mas é possível achar bonecos e acessórios que valem a pena comprar.

As crianças de verdade piram lá dentro, não sabem para onde olhar. Eu sei que é uma ode ao consumismo (assim como os parques da Disney o são), mas nessa loja eu deixo meus princípios econômicos e sociais de lado e apenas curto o momento.

Está localizada na 7th Ave, próximo à Broadway

- MM’s store: fãs de MM’s enlouquecem de vez, é tanta cor diferente, bonecos, lembrancinhas, que é impossível não ficar feliz aqui...  são toneladas de MM’s coloridos por todos os lados. Nem preciso dizer mais nada né? Entre e divirta-se!



Localizada entre a 7th e a Broadway.

- Lindt: nesta loja acho que não são as crianças que piram, mas as adultas. Os chocolates Lindt todos nós sabemos que são muito gostosos, mas por aqui, os preços não compensam não é mesmo?

- Dylan’s candy: uma loja de doces variados, mas o que impressiona é a decoração, é linda! São dois andares de pura magia: muita cor, bonecos e balinhas, é claro. Eu fiquei com vontade de conhecê-la desde que a vi no programa Cake Boss.






Vale a pena ao menos entrar para admirar a decoração, que foi o que eu fiz.

Localiza-se na esquina entre a 3rd Ave e a S 60th St.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Compras em Nova York: lojas para comprar de tudo um pouco


Onde fazer compras em Nova York?

Qual brasileiro já não se perguntou isso, não é verdade? Os EUA, de um modo geral viraram uma meca para compras; na época de dólar mais baixo todas as viagens para lá significavam pelo menos um dia em outlet. Realmente valiam a pena. Hoje, com o dólar voltando ao seu normal, ainda é vantajoso comprar alguns produtos, mas é necessária uma garimpagem muito maior pra não sair prejudicado. O bom é que as lojas de lá são gigantescas, em quase todas você encontra de tudo, desde roupas, sapatos até decoração, cosméticos e chocolates.

Uma dica de ouro que vale para qualquer loja nos EUA seja em outlet ou na rua, sempre, SEMPRE que entrar na loja, procure logo pela arara onde está escrito Clearance, ou seja, a arara das ofertas, você vai encontrar coisas realmente muito baratas.









Pensando nisso segue uma série de posts sobre algumas das principais lojas de Nova York (as que eu visitei, pelo menos), separados por tema. Espero que gostem...


Lojas para comprar de tudo um pouco e mais um pouco...

Algumas lojas americanas são absurdamente grandes e tem de tudo que você pode imaginar, desde escova de dentes e shampoos até panelas e utensílios de decoração. Uma perdição, porque mesmo convertendo de dólar para real, geralmente fica um preço razoável e, mais importante, tem tanta coisa diferente, tanta variedade, tantas coisas que não temos por aqui que a gente enlouquece.

É claro que tem muita tranqueira também. Numa loja encontramos dezenas de tipos de facas, tinha uma faca para tomate, outra para descascar laranja, outra para descascar maçã, outra para cortar cebola, esse tipo de coisa que eu acho desnecessário e que só serve para atravancar a gaveta de talheres. E é assim para tudo. Mas tem muita coisa legal também hehehe...

Dessas lojas eu recomendo:

- Bed, Bath and Beyond: em Nova York tem pelo menos duas, uma perto da saída da ponte do Queens e uma próximo ao Central Park, e ainda tem uma no Jersey’s Gardens. É uma loja muito organizada, bonita, onde você perderá facilmente algumas horas por lá.



Olha isso, tudo por 1 dólar!!

Nessa loja encontramos de tudo; é muito boa para comprar produtos de higiene e beleza, suplementos alimentares e vitaminas. Há uma parte com ofertas e muitos produtos por 1 dólar ou menos, vale garimpar.

- Target: um super-hipermercado, onde você também encontrará de tudo, desde roupas e decoração até alimentos comuns em um mercado. Os preços costumam ser muito bons.

Em Manhattam está localizado no Harlem. Pegue o metrô e desça na estação 116 St, pegue a E 117th St. até o final, muito fácil de chegar e você ainda terá a oportunidade de andar um pouquinho pelas ruas do Harlem, tem aspectos cotidianos tão característicos parece que você está num filme.


Mas se você ainda quiser aproveitar a viagem e comer umas panquecas ótimas, desça na estação 125 e vá primeiro na I-Hop, coma uma deliciosa panqueca estilo americana e depois faça suas compras com calma.










- Macy’s: esta loja tem 10 andares de puro consumismo: roupas, casa, decoração, perfumes, cosméticos, de tudo um pouco. Não é das mais baratas, mas vale a pena conhecer. Brasileiros que apresentarem o passaporte ao Concierge ganha um cupom de descontos.









- Jack’s World: parece aquelas lojas de 1,99 aqui do Brasil, bem zoada, mas é enorme e tem de tudo a preços super bons. Vale a pena garimpar. Têm roupas de casa, decoração, papelaria, lembrancinhas (tipo canecas e imãs, bem mais baratos que nas lojas autorizadas da marca INY), chocolates, utensílios de cozinha (esses com preços muito bons). Um produto que eu achei bem barato lá e que sempre que vou aos EUA eu compro são embalagens da ZipLoc, tem de vários tamanhos com fechos tipo zíper, um pacote enorme por 1 ou 2 dólares.

Fomos num domingo chuvoso e frio à tarde para fugir do clima ruim, foi ótimo, porque não estava muito cheia.

Localiza-se na W45th St, entre as estações de metro Rockfeller Center e Briant Park, muito fácil de chegar.